Como não cair em golpes na Black Friday

Como não cair em golpes na Black Friday

Hoje vamos falar de um dos melhores momentos de compra tanto para os clientes quanto para as empresas: a Black Friday.

A Black Friday surgiu nos Estados Unidos, mas começou a tomar grande expressividade no Brasil de cinco anos pra cá.

Essa ação é um período cheio de descontos e promoções, que normalmente é feita na última sexta-feira do mês de novembro, mas há muitas empresas que fazem a semana ou o mês de promoções.

Entretanto, apesar de ser uma iniciativa para aquecer a economia, o aumento de fraudes virtuais e golpes em preços cresceram muito, tanto que em 2020 as tentativas de fraudes em compras virtuais no Brasil aumentaram 53,6% em relação a 2019. Esse aumento ocorreu por conta do fechamento temporário de lojas físicas e a abertura de novos e-commerces com a pandemia da Covid-19.

Abaixo listamos algumas recomendações para que você não caia em golpes hoje.

  1. Fique atento(a) de onde a promoção está vindo. Nessa época é muito comum links falsos compartilhados no Whatsapp, páginas fakes que simulam e-commerce, e-mails, sms e até criação de perfis nas redes sociais. No caso, confira no Google a procedência da empresa e visite o Reclame Aqui;
  2. Quando for comprar, dê preferência para sites e lojas conhecidas, analise os comentários e veja a reputação da empresa;
  3. Sempre procure o mesmo produto anunciado como promoção em outros lugares para comparar preços e ver se a propaganda não é enganosa;
  4. Verifique, sempre, as letras miúdas que ficam no rodapé das propagandas, pois, muitas vezes, existem condições adicionais para conseguir o desconto.

Gostaram das dicas?

Caso precise de uma graninha para suas compras conte conosco! Faça uma simulação grátis! Clique aqui

Boas compras!

Deixe uma resposta